Como montar uma banda de rock – todas as dicas



Como montar uma banda de rock – todas as dicas – Está pensando em montar uma banda de rock bem maneira, que toque aquele som, com tudo o que tem de direito. Vamos a algumas questões simples, mas que podem ser uma mão na roda para você, que quer comoçar agora.

Lembrando a todos que essas dicas são minhas, e de todas as experiências vividas por mim, quando de minhas bandas e formações, desde a era de ouro do rock, até os dias de hoje.

Formação básica de uma banda de rock:

Baixo, guitarra, bateria e teclado (esse opcional, mas que faz a diferença numa boa banda)

Passo 1 – Saber cantar ou tocar qualquer instrumento que seja fundamental na formação de uma banda de rock.


Nota = quando escrevi saber cantar ou tocar instrumento, significa saber dominar sua voz ou instrumento, preferencialmente com conhecimento de partitura musical. Tablaturas ajudam, mas não substituem um conhecimento derivado das famosas e, às vezes, para não dizer sempre, bonas, etc.

Partindo do pressuposto que você cante bem ou toque qualquer instrumento mencionado acima, passaremos para o passo 2. Caso contrário, procure um professor particular de canto ou instrumental, existem muitos bons, que cobram um preço bem camarada. Em pouco tempo, dependendo de sua dedicação, você estará prontinho para o passo 2.

Passo 2 – Escolher os músicos

Para escolher os músicos requer paciência, porque não é fácil encontrar bons músicos dando sopa, sem banda, por exemplo. Mas, supondo que você já tenha alguns amigos que realmente se encaixam no passo 1, a tarefa fica bem mais simples.

Caso não tenha por perto esses elementos para formação de seu time, anuncie em classificados específicos, cole um panfleto e/ou folheto convocando o músico para se integrar à sua banda. Pode colocar no mural de seu prédio, na escola, etc.

A escolha:

a) deve ser feita, tendo como fundamento principal a afinidade com o tipo de música que você se propõe a executar: rock. Observado o passo 1, passe o candidato por uma entrevista, não precisa de formalidades, apenas um bom bate papo, para saber qual a expectativa, o desejo que candidato tem em relação à sua participação na banda. Quanto mais empolgação tiver, maiores serão as chances de aproveitá-lo.

b) testando as habilidades dele ou dela, seja quanto a voz, seja quanto ao instrumento que toca. Para isso, o ambiente tem que ser bem suave, sem cobranças antecipadas.

c) saber se o candidato possui instrumento próprio. Isso é de fundamental importância, caso você não possua, ou ainda não possa bancar a compra desse equipamento.

Time completo, e agora?

Escolha do repertório – Músicas próprias, ou cover?

Depende a direção que se quer tomar com sua banda. É sempre bom ter pelo menos um bom compositor no time. Afinal, ter músicas próprias pode ser o grande diferencial entre uma bandinha cover, ou uma banda genuína. Embora, existam bandas cover excepcionais!

Ensaio, ensaio e mais ensaio. Pode ser somente acústico,na base do violão e vozes, ou numa garagem ou, para os mais avançados, um bom estúdio.

Sugiro os ensaios acústicos primeiramente, porque mostram mais os defeitos, apuram mais os vocais (fundamental importância), e oferecem mais feedback aos componentes. Em outras palavras: cada um escuta o que o outro está tocando. Todos os sons são mais divididos, porém num mesmo nível, onde podem ser percebidos por todos.

Outra dica quanto aos ensaios: separar o grupo pode ser benéfico, após algum tempo de ensaios. Por exemplo: bateria com baixo, ensaiam separadamente. Vocais, todos os que cantam ensaiam separadamente, somente com um teclado ou violão para dar a base. Mas, isso é apenas uma sugestão.

Prontos?!

Agora é hora de peguar a estrada. Festas, bares, pequenos clubes, em todos esses lugares sempre aparecem novas bandas. Por isso, vá agendando alguns deles, somente depois, é claro, de todos os membros da banda estiverem na mesma balada, e a sintonia entre vocês, os instrumentos e os vocais, estiverem bem maneiros.

Boa sorte, e que seus sonhos se concretizem, com trabalho chega-se lá – Talento também é bem-vindo, mas pode ser obtido no caminho!







Texto escrito por: Aurelio (Lelo) Martuscelli – cantor, violonista de diversas bandas próprias, ou como contratado.





Um comentário em “Como montar uma banda de rock – todas as dicas

  • 11 de setembro de 2017 em 13:31
    Permalink

    Bons músicos e instrumentos são fundamentais! Adorei a dica.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.